O caso do canhão de batatas

15 de Agosto de 2011 (Jornalzinho Anarquista da Universidade) Salve, salve, galerinha da bagunça! Descobrimos ontem algo que pode de fato ser um instrumento para fazermos a tão sonhada Revolução do Antigoverno. Trata-se de um canhão de batatas, confiram lá no youtube: http://www.youtube.com/watch?v=7ZlXKOMtrLA

17 de Setembro de 2011 (Jornal O Globo) – Durante conflito entre a PM e traficantes no bairro do Catumbi, um tipo inesperado de ataque foi registrado por nossa equipe. Dois estudantes de classe média, armados com uma peça de artilharia caseira, dispararam sucessivos tiros de batata contra um helicóptero da Polícia, que ficou desgovernado e caiu. Morreram no acidente o piloto, o co-piloto, três PMs que estavam no interior da aeronave e mais 38 moradores do Morro da Mineira, onde a carcaça do helicóptero caiu. Os dois jovens, Gil Facchini, o Gilfa, e João Martelletto, o Zaguinha de Campinas, foram imediatamente detidos e levados para averiguação. Em entrevista exclusiva, os jovens afirmaram que o incidente foi na verdade um acidente.

25 de Setembro de 2011 (Revista Veja) – Uma semana depois de um atentado com um canhão de batatas, o YouTube é banido no Brasil. Quase nada se discutiu, e muita coisa se decidiu. O site de vídeos online sempre foi uma mídia que incomodava os petistas, já que a censura não consegue controlar o que é publicado pela rede. “Eu nunca gostei do YouTube” – afirmou o deputado José Genuíno em uma coletiva na tarde desta última quinta-feira. Onde os dilmistas e lulistas querem chegar? Só falta proibirem a batata e o cano de PVC.

27 de Setembro de 2011 (Programa Balanço Geral) – “Batata neles!” (Wagner Montes)

28 de Setembro de 2011 (Revista Super Interessante)


29 de Setembro de 2011 (Jornal O Globo) – Mesmo com a proibição do YouTube, o canhão de batata continua difundido como armamento de guerrilha. Traficantes começam a ameaçar as UPPs com aminoácidos. O Governador do Rio de Janeiro disse que a venda de batatas e canos de PVC deve ser proibida.

30 de Setembro de 2011 (Jornal Meia Hora) – Ao perdedor, as batatas – Bandidões botam UPPs pra correr

01 de Outubro de 2011 (Revista Veja) – Entenda o que está por trás da proibição da batata – de que maneira ela afetará a saúde e o bolso do brasileiro

02 de Outubro de 2011 (Revista Playboy)


03 de Outubro de 2011 (Fantástico) – Mesmo com a proibição, a venda de batatas ainda continua. Nosso repórter foi a um supermercado com uma câmera escondida, e conseguiu comprar o vegetal sem nenhuma dificuldade.

5 respostas para O caso do canhão de batatas

  1. Nikity disse:

    Não sei se essas manchetes me deixaram revoltado ou com fome!

  2. Zaguinha de Campinas disse:

    NAO ACREDITEM EM NADA TUDO MENTIRA DA MIDIA REACIONARIA

  3. à milanesa disse:

    geeeente, mas q violência! os ultimos posts são todos sobre arma, suicídio, assassinato, ferimento…
    eu hein!

  4. Mozer disse:

    SOU foda!!! Deveria ter o Mozer como bandido ai!!!
    SOU foda!!!

    Apoio ai, brother!

  5. milanette, os posts fazem parte da semana do armamento. infelizmente, é a nossa realidade, temos que encará-la.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: