Hora do Eu-lírico

O DEDO

Dedo todo mundo mundo tem
Quem não tem não existe nesse mundo
Dedo todo mundo usa
Quem não usa esconde eles lá no fundo
Porque são 20, às vezes menos, às vezes mais
Mas nunca zero ou menor
O dedo, cada um usa do jeito que achar melhor
E com apenas um, pode-se fazer rir ou chorar, odiar ou amar
Porque o dedo existe neste planeta para explorar
O dedo adentra em lugares obscuros, onde ninguém consegue adentrar
O dedo aponta direções e resoluções, e ninguém ousaria duvidar
O dedo fura olho, fura bolo e cata piolho
Até mesmo com a mão lambusada de repolho
O dedo é tão inteligente que ele ousa falar com a gente
Ele discute, explica e faz confusão
Desde o MSN até a Libras, com o auxílio da mão
De fato, o dedo vive, e com sua magia até se brinca
É assim que eu vejo
Mas se um dia ousares mostrar-me o Maior de Todos, lembre-se:
Pra mim é um dedo, pra você é um desejo

(e o contrário não vale pra mim pq eu tenho imunidade =D)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: