Aprenda o segredo para voar (e proutras coisas mais)

“Se há algum grande desafio na vida, é fazer o que quer que seja sem acreditar em qualquer (im)possibilidade” Fernando Lorota

 


 

Vocês não vão acreditar nisso. Mas tudo bem, talvez seja melhor que não acreditem mesmo. Semana passada eu fui andar de bicicleta pela floresta da Tijuca. Estava eu, pedalando em meio à natureza, até que eu parei pra descansar e beber uma água direta da fonte. Sentei em um daqueles bancos de azulejo imperial e comecei a observar um grupo de pessoas vestidas de branco levando oferendas ou algo parecido até a cachoeira. Achei que poderia ser dia de algum santo, então pensei alto “que dia é hoje?”. Um sujeito que estava do meu lado respondeu “hoje é domingo, dia três”. “É, eu sei, mas será que hoje é dia de algum santo importante?”. “Por que seria? Só porque aquelas pessoas resolveram fazer um piquenique próximo à cachoeira?”. Eu ri da piada e falei que aquilo parecia mais uma oferenda a algum tipo de santo do que apenas um piquenique. “Santo, pra mim, são aqueles bonecos de cerâmica ou mármore que as pessoas adoram venerar”, ele disse. Eu perguntei qual era a religião dele, e ele disse que não tinha, e me fez a mesma pergunta. Eu também disse que não tinha, mas que acredito em algumas coisas. Perguntei a ele se acreditava em alguma coisa também e ele apenas respondeu “nada”. “Então você é cético mesmo?”, “não sou nada”. Tudo bem que eu não estudo teologia, mas questionei a ele “mas também não vai dizer que tudo isso só existe porque do nada surgiu o Big Bang!”. Ele ficou quieto e eu perguntei se ele acreditava na ciência.Ele disse que ciência, pra ele, é o estado de estar ciente, e que ele não precisava estar ciente de nada pra fazer o que quisesse. Porra, tudo bem que até eu questiono os cientistas às vezes. Tipo, como é que eles conseguem desenhar a estrutura do átomo se eles mesmos dizem que os elétrons se movem numa velocidade tão absurda que não se consegue vê-los? Além dos bicho serem menores que um grão de meleca né! Mas pô, também não dá pra negar que a gravidade existe, por exemplo. Daí eu perguntei pro cara se ele acreditava na lei da gravidade. “Não”. Eu reformulei a pergunta, “você acredita que exista uma força invisível vinda do centro da Terra que, inevitavelmente, atrai qualquer coisa para baixo?”. Ele disse algo mais ou menos assim “olha só, eu não devia falar, aliás, eu não preciso falar isso porque poderia acabar se tornando uma crença minha, mas vou falar só pra acabar logo com essa conversa. Presta bem atenção. Eu não acredito em nada”. Pô, o papo já tava ficando bem confuso pra mim e eu sabia que eu devia ter ido embora naquela hora, mas persisti ainda. “Mas cara, como assim não acredita em nada? Sei lá, eu também não sei se existe algum grande propósito pras pessoas viverem, mas eu creio que, o que faz a gente fazer as coisas que a gente faz, sei lá, conseguir um bom trabalho, casar ou até andar de bicicleta, é crer em alguma coisa, né? Pô, você não acredita no amor, no dinheiro, na amizade, em E.T.? Nada?”. O cara continuou parado, como se estivesse me ignorando. De repente ele falou pra mim “caralho, você fala muito. Vou pra outro lugar”. Então o cara, do nada, levantou e começou a voar muito alto, passando através das árvores até sumir da minha vista.

Moral da história: se você já sonhou em voar ou atravessar paredes, se você já tentou fazer isso alguma vez na vida dizendo pra si mesmo “sim, eu posso, eu acredito” e nunca deu certo, tente de novo, mas dessa vez sem acreditar.

2 respostas para Aprenda o segredo para voar (e proutras coisas mais)

  1. Taiane disse:

    Pura filosofia!

    Vou levar essa questão pra vida. rs

    Muito bom,Caio!

    • Caio Mello disse:

      Valeu Taiane! Mas não acredite em tudo o que está escrito aí. Acredite sim, nas maçãs e nos caramelos.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: